Skip to main content

Besouro finaliza Iriê e coloca Big Nog na liderança

Vitor Belfort vira alvo de brincadeiras entre as equipes no TUF Brasil 2, enquanto Wanderlei Silva se desentende com Daniel Gelo  

Time Werdum e Nogueira chegaram empatados no sexto episódio do The Ultimate Fighter Brasil 2. Apesar do triunfo a mais da equipe capitaneada por Fabrício Werdum, a contusão e saída de Yan Cabral anularam o ponto positivo. Estava tudo igual, 2 a 2, o que trouxe ainda mais ânimo para a prova que definiria o "poder de escolha". Os ânimos também ficaram quentes para a equipe perdedora na hora que mais importava, dentro do Octógono. A finalização de Luis Besouro em Pedro Iriê colocou o Time Nogueira na frente do placar e a expressão de preocupação, de episódios atrás, deu lugar a um enorme sorriso no rosto do capitão Rodrigo Minotauro.       "Agora é só sorriso! Foi muito bom, inexplicável essa alegria que sentimos hoje!", disse.       Virada em desafio dá vantagem a Werdum    O grupos chegaram no ginásio sem imaginar o que estava por vir. Árbitro do UFC, Mario Yamasaki explicou as regras, uma partida de queimado, valendo o poder da escolha ao vencedor. Com os ânimos acelerados, Patolino e Marcio Pedra foram eliminados. Daí em diante, o Time Nogueira abriu vantagem até restar apenas Viscardi Andrade entre os adversários. Com astúcia, Viscardi não se intimidou e detonou todos da equipe verde, levando o poder de escolha para Werdum. Vieram as habituais provocações e o momento da escolha da luta. Werdum chamou Pedro Iriê para representá-lo e Luis Besouro, do Time Nogueira, como oponente. No final das contas, Minotauro gostou: "Era o que a gente queria!", dizia.      Rogério Minotouro, irmão gêmeo de Big Nog, chegou de vez para acompanhar os treinamentos. Minotauro também aproveitou para levantar o ânimo da galera, pois três dos seus representantes estão com leves contusões: “Não é nada que vocês já não tiveram no meio de uma luta e passaram por isso. Vocês não podem desanimar, são bem melhores que aqueles moleques. É a chance da vida de vocês.”    Enquanto isso, no time amarelo, o treinamento com Wanderlei Silva pega fogo. Sobra até para o capitão Werdum, que abriu um pequeno corte no queixo e ficou de olho roxo.      Vitor Belfort volta a ser alvo no TUF Brasil   Treinador na primeira edição do TUF Brasil, na ocasião Vitor Belfort foi alvo de muitas brincadeiras do time comandado por Wanderlei Silva. E Vitor volta a ser metralhado no TUF Brasil 2. O pessoal do Time Nogueira tirou da parede o pôster de Belfort e grudou no vestiário da equipe adversária, além de virar de cabeça para baixo todas as imagens com Werdum. Por descuido, Eric Albarracin, treinador de wrestling da equipe verde, esqueceu os óculos e, quando voltou para buscar, foi, literalmente, sequestrado. Minota e equipe surgiram para salvar o treinador, foi aquela zona total. Mas, no final das contas, o que mais incomodava a todos era o pôster de Belfort.       Besouro finaliza Iriê    Chegou o dia da luta e do desempate. Luis Besouro x Pedro Iriê não definiria apenas um lutador a seguir com chances no reality show, colocaria um dos times na liderança da competição.  Curtindo a vitoria  Nos primeiros momentos, Besouro já se mostrou melhor na trocação, encaixando bons socos e boas joelhadas no clinch. Na sequência, faixa-preta de luta livre, conseguiu derrubar e levar o combate para a sua maior especialidade. No chão, trabalhou a finalização com uma chave de braço (kimura) e depois golpeou no ground and pound. Iriê virou de quatro apoios, o que facilitou a ida do oponente para as costas, e o encaixe do estrangulamento mata-leão. Quando faltava 1min23s para o final do primeiro round, Luis Besouro conseguiu a finalização que o garante nas oitavas de final do TUF Brasil 2.      Discussão entre Wand e Gelo esquenta o clima     Logo após o revés de Iriê, Daniel Gelo exaltou Luis Besouro, com quem já treinou, para os companheiros de equipe: "Ele é um lutador acima da média." Treinador do Time Werdum, Wanderlei Silva escutou e não gostou nada. Wand deu uma dura em Gelo.      “Ele interpretou como se eu tivesse virando a casaca ou exaltando os adversários. Ele explodiu, pediu para eu não falar mais aquilo. Entendo ele”, comentou Daniel.      “Wanderlei mostrou para ele que não se fala isso, foi errado. Não posso dizer para os meus atletas que o Besouro é perigoso, que ele é o cara”, falou Werdum.       No próximo episodio teremos mais confusão com Daniel Gelo, a visita do membro do hall da fama do UFC Chuck Liddell e o combate entre o argentino Santiago Ponzinibbio e Marcio Pedra.       Quartas de final    Time Nogueira – Willian Patolino, Leonardo Santos e Luiz Besouro  Time Werdum – Tiago Alves e Viscardi Andade