Skip to main content

Resultado da luta entre Erick Silva e Carlo Prater é mantido

A controversia na luta do UFC Rio tem sua decisão final

O Ultimate Fighting Championship divulgou um comunicado hoje sobre o
resultado da luta meio-médio do UFC Rio entre Erick Silva e Carlo
Prater. Erick foi desqualificado durante a luta por acertar o que o
árbitro considerou serem golpes ilegais. Marc Ratner, Vice-Presidente do
UFC de Assuntos Governamentais e Regulatórios, emitiu a seguinte
declaração:

"Com base nas advertências verbais do árbitro, sua determinação de que
os golpes foram intencionais e uma falta desqualificante, este não é o
tipo de decisão que pode ser revista. Portanto, a decisão será mantida.
Recentemente, a Zuffa decidiu implementar o uso de replay instantâneo em
todos os eventos internacionais que são auto-regulados, e incentiva
todos os reguladores a considerar a viabilidade e a eficácia do replay
instantâneo no esporte MMA. Mesmo o replay instantâneo não revertendo a
decisão na luta Erick-Prater, acreditamos que poderá ser valioso para
árbitros e para o esporte no futuro".

Zuffa também observou que Erick foi agraciado com a "bolsa da vitória" após o combate.