Skip to main content

Os Dez Melhores - Os Nocautes de 2009

Por Thomas Gerbasi

Esse pode ser o acontecimento mais eletrizante de todos os esportes - o nocaute. No beisebol você precisa de nove “innings”, no futebol americano e no basquete você tem quatro quartos para decidir um vencedor e o hóquei requer três períodos de 20 minutos.

No MMA um combate programado para três ou cinco rounds de cinco minutos pode terminar em segundos se o soco ou o chute forem conectados. Isso faz com que toda luta seja uma guerra de nervos, e quando o fim vem de repente, e espetacularmente, não há nada parecido. Veja os 10 melhores nocautes no UFC em 2009.

10 - Todd Duffee nocauteia Tim Hague - 29 de agosto - UFC 102

Em 2008, James Irvin detonou a lista dos 10 melhores com seu até então nocaute recorde de oito segundos sobre Houston Alexander. Em agosto passado, Todd Duffee baixou o recorde do "The Sandman" em um segundo ao despachar Tim Hague. Este desempenho espetacular foi um impacto duplo, já que mostrou Duffee para os fãs do UFC e de quebra foi o nocaute recorde com um direto na mandíbula.

9 - Shane Carwin nocauteia Gabriel Gonzaga - 7 de março - UFC 96

Com apenas 10 lutas profissionais, o maior desafio de Shane Carwin aconteceu quando ele enfrentou o homem que fez Cro Cop provar de seu próprio veneno (o chute na cabeça), o ex-desafiante peso pesado Gabriel Gonzaga. Em 30 segundos Gonzaga deu as boas-vindas a Carwin com uma direita que quebrou o nariz dele. Este teria sido a hora perfeita para Carwin 'dobrar sua barraca' e voltar a trabalhar com engenharia, mas ao invés disso, o grande homem de Colorado rugiu de volta com uma direita que derrubou Gonzaga e rendeu a Carwin alguns graus dentro da divisão pesada.

8 - Nate Marquardt nocauteia Wilson Gouveia - 21 de fevereiro - UFC 95

Nate Marquardt provavelmente poderia ter administrado o terceiro round da luta dele contra Wilson Gouveia no UFC 95 e conquistado uma vitória por decisão, mas naquele assalto final algo parecia vir de sua mente dizendo (no estilo Kombat Mortal) "FINISH HIM"(acabe com ele). E o que se seguiu foram atordoantes socos, chutes e joelhadas que decretaram o nocaute de Gouveia aos 3:10 do round e deixaram Marquardt um pouco mais próximo de uma revanche contra o manda-chuva do peso médio, Anderson Silva. 

7 - Mauricio Rua nocauteia Chuck Liddell - 18 de abril - UFC 97

Considerado o homem mais temido do mundo na categoria até 93kg, a ex-estrela do Pride, Mauricio 'Shogun' Rua viu sua reputação ser abalada com a derrota para Forrest Griffin, duas cirurgias de joelho, e uma vitória sem brilho em cima de Mark Coleman. Então, entrando para lutar no UFC 97 contra Chuck Liddell, o brasileiro não só precisava da vitória, mas de uma vitória espetacular. Ele conseguiu isto, graças a um gancho de esquerda seguido por umas séries de golpes no chão que forçaram a parada da luta aos 4:28 do primeiro assalto. E embora a maioria das conversas pós luta se focalizavam no futuro de Liddell, não se pode esquecer que o combate também poderia ter sido nomeado de 'a Ressurreição de Rua '.

6 - Paulo Thiago nocauteia Josh Koscheck - 21 de fevereiro - UFC 95

Se você esperava, no começo do ano, que Paulo Thiago pudesse proporcionar uma grande surpresa e ganhar de Josh Koscheck, parabéns - você está em um seleto grupo de poucos. Se você achava que o faixa preta de jiu-jitsu iria nocautear Koscheck com um direto no primeiro round, você provavelmente está mentindo. Isso só comprova o quanto inimaginável esse nocaute foi, especialmente considerando as bombas que 'Kos ' tomou e desferiu contra Thiago Alves quatro meses antes. Mas quando você combina um ataque perfeito com as luvas pequenas e uma defesa negligente de Koscheck, o resultado normalmente é um dos melhores nocautes de 2009.

5 - Nate Marquardt nocauteia Demian Maia - 29 de agosto - UFC 102

Nate Marquardt é sem dúvida um dos caras mais legais no MMA hoje em dia. Infelizmente para ele, em algumas lutas ele foi até legal demais, conquistando vitórias pouco empolgantes. Isso mudou depois da derrota para Anderson Silva em 2007, e desde então, Nate The Great se tornou completamente mau no Octagon. Você não vai conseguir nenhum argumento do ás do jiu-jitsu Demian Maia que levou uma direita esmagadora de Marquardt no UFC 102 acabando com a luta em apenas 21 segundos. O fato que Marquardt ganhou dois lugares na lista de melhores nocautes de 2009.

4 - Dan Henderson nocauteia Michael Bisping - 11 de julho - UFC 100

Sim, Michael Bisping falou muito antes do confronto dele contra Dan Henderson no UFC 100. Mas a boca do britânico não teve nada haver com sua derrocada pelas mãos de Hendo. Ao invés disso, o ex-campeão de duas divisões diferentes do Pride percebeu que Bisping não estava sendo contundente e que ele estava andando para trás e circulando na direção de sua poderosa direita, o fim era inevitável. No momento que a temida mão direita de Henderson acertou a mandíbula de Bisping no segundo assalto, o britânico apagou, e recebeu mais um soco final quando caído, um golpe legal, mas desnecessário.

3 - Matt Hamill nocauteia Mark Munoz - 7 de março - UFC 96

Não é nenhum segredo que quando dois wrestlers de qualidade colidem no Octagon, normalmente é sinal de uma batalha de trocação, e isso era certamente a intenção de Matt Hamill quando ele enfrentou o condecorado wrestler amador Mark Munoz. As mãos de Hamill melhoraram a cada luta desde sua passagem pelo The Ultimate Fighter 3, mas seus pés fizeram um bom trabalho contra Munoz ainda no primeiro round - mais especificamente, o pé direito que acertou Munoz na cabeça e o mandou para a lona apagado em um das mais assustadoras finalizações do ano.

2 - Lyoto Machida nocauteia Rashad Evans - 23 de maio - UFC 98

"Caratê está de volta", disse Lyoto Machida segundos depois de ganhar o título meio-pesado do UFC de Rashad Evans. Você quer discutir com ele depois de outro desempenho tecnicamente perfeito coroado no segundo round pelo que podemos chamar - usando um termo de Joe Rogan - balé de violência. Nas 19 lutas anteriores, ninguém tinha visto Evans machucado e nocauteado desta maneira, mas Machida, o mais complexo quebra-cabeça do MMA, fez isto com a habitual frieza e precisão, começando o que pode ser um reinado longo. 

 
1 - Anderson Silva nocauteia Forrest Griffin - 8 de agosto - UFC 101

Se em um momento em sua vida você pode dizer que assistiu a grandeza em pessoa, você está com sorte. Aqueles torcedores presentes no Wachovia Center em Filadélfia, no dia 8 de agosto tiveram essa oportunidade quando o campeão dos médios, Anderson Silva, voltou à divisão meio-pesada e deu uma aula de golpes precisos sobre o ex-campeão até 93kg Forrest Griffin aos 3:23 do primeiro assalto. Pode até chamar isso de loucura, mas este resultado foi uma mistura em potencial do balanço de Ted Williams (jogador de baseball), com um solo de John Coltrane (músico) e uma corrida de Barry Sanders (jogador de futebol americano). Aprecie Anderson Silva agora, porque não haverá outro como ele.

Menção honrosa - Ben Saunders-Marcus Davis, Andre Winner-Rolando Delgado, Dennis Siver-Nate Mohr, Lyoto Machida-Thiago Silva, Dan Hardy-Rory Markham, Matt Brown-Pete Sell, Brandon Vera-Michael Patt, Aaron Simpson-Tim McKenzie, Nate Quarry-Jason MacDonald, Drew McFedries-Xavier Foupa-Pokam, Mike Swick-Ben Saunders, Brock Lesnar-Frank Mir, Alan Belcher-Wilson Gouveia, Roy Nelson- Brendan Schaub, Matt Mitrione-Marcus Jones, John Howard-Dennis Hallman, Antonio Rogerio Nogueira-Luiz Cane, Dennis Siver-Paul Kelly, Alexander Gustafsson-Jared Hamman, Pat Barry-Antoni Hardonk, Paul Daley-Martin Kampmann, Thiago Silva-Keith Jardine.