Skip to main content
/themes/custom/ufc/assets/img/default-hero.jpg

O Plano: Aldo vs Faber

Por Michael DiSanto   

 

Essa é a luta entre pesos-pena mais importante da história.   

 

José Aldo ultimamente domina a divisão com uma série de vitórias. Desde que entrou nas artes marciais mistas dos Estados Unidos, há dois anos, o campeão do peso-pena mostrou perfeição em seis lutas, conseguindo parar até o famoso Cub Swanson com uma dupla joelhada voadora em apenas oito segundos. A sua trajetória de sucesso o colocou em todas as rodas de conversa.   

 

E Aldo parece real, como o novo padrão para o sucesso do peso-pena. E ele parece disposto a embarcar como um campeão dominante. No entanto, em primeiro lugar, ele precisa passar pelo teste mais difícil da sua ainda curta carreira - Uriah Faber, o maior campeão da história da divisão.   

 

Faber é o lutador mais premiado da categoria a vestir uma luta de vale-tudo. 'The California Kid' aproveitou o título por dois anos, de março de 2006 a novembro de 2008. Durante esse período, ele defendeu seu cinturão por cinco vezes. Agora, 17 meses depois de perder o seu título, Faber volta no auge da forma e parece estar pronto para recuperar o que já foi seu um dia. O único problema é que existe um monstro chamado Aldo no seu caminho.   

 

E isso que torna essa luta tão interessante. Os dois caras parecem estar no auge do seu jogo, ainda que o jovem Aldo tenha quase uma década de crescimento à sua frente. E ambos sabem que essa é a maior, se não mais difícil, luta das suas carreiras, pois provavelmente será decidida pelo primeiro que errar.   

 

O plano de Aldo para a luta é o mesmo dos seus outros confrontos. O brasileiro é extremamente explosivo e conta com uma imensa variedade de golpes, incluindo direitas, ganchos de esquerda, chutes nas pernas, chutes altos, joelhadas voadoras. Aldo está disposto a correr riscos para vencer a luta. Mas isso o torna vulnerável para contra-ataques, que é onde Faber deverá focar sua atenção.   

 

Mas se "The California Kid" planeja manter a luta contra Aldo em pé, seu destino pode acabar não sendo tão agradável. Claro que Faber é um lutador forte e grande, mas o problema do seu jogo de pé é que ele é basicamente um lutador de um golpe só em termos de alteração de golpes. Seu jab é sólido, seu gancho esquerdo também, mas nenhum dos dois são sensacionais e ele sabe disso. Aldo é bom suficiente em pé para eliminar a direita de Faber e manter sua guarda alta, enquanto cria aberturas para novos golpes.   

 

Faber precisa voltar ao estilo que lhe garantiu o título outras vezes, ou seja, ele deve utilizar seu estilo dinâmico e controle de chão para desenhar seu caminho à vitória. Uma vez no chão, ele precisa trabalhar o ground and pound de forma cuidadosa, porém agressiva. Aldo é faixa preta no Jiu-jitsu e não desperdiçará oportunidades de finalizar Faber. No entanto, qualquer suposta superioridade no jogo de chão do brasileiro se torna um mito quando comparada a Faber. O ex-campeão deve se preocupar em não cometer erros bobos ou deixar seu braço, perna ou pescoço expostos enquanto trabalha seu ground and pound.   


Em outro aspecto, Faber sabe que é um dos atletas de melhor condicionamento do esporte, enquanto ainda existe um grande ponto de interrogação sobre a capacidade de Aldo ir longe. Faber lutou os cinco rounds da disputa pelo cinturão em duas ocasiões e mesmo assim pareceu bem em ambas. Dessa forma, ele sabe que aguentará a luta de sábado pelo tempo que for necessário. Aldo não luta três rounds inteiros desde 27 de julho de 2007, então ele não tem ideia como será lutar no quarto ou quinto rounds.  

  

É fácil perceber que essa luta tem tudo a ver com qual dos caras irá impor sua vontade e seu plano de jogo sobre o outro. A diferença entre Aldo-Faber e a maioria das outras lutas é o fato de que os penas fazem tudo com muito mais velocidade se comparados às outras categorias.    

 

Quem irá vencer? Aldo é a aposta esperta. Ele é jovem, faminto e melhorando a cada luta. Ele tem mais tons em seu jogo do que seu adversário. E é mais provável que ele traga algo de novo para o esporte. E ele é um grande desconhecido até esse momento, enquanto sabe exatamente o que esperar de Faber.    

 

No entanto, eu estou apostando no 'The California Kid' para levar essa. Ele vai lutar na sua cidade, na frente de milhares de fãs que irão empurrá-lo até o fim.   


INFORMAÇÕES RÁPIDAS: 

 

José Aldo   

23 anos   

1,70/66kg   

16-1 recorde profissional   

Atualmente com recorde de 9 vitórias seguidas    

Venceu as últimas 6 lutas por nocaute   

Faturou o 'Nocaute da Noite' em 3 das últimas 4 lutas (Nocautea sobre Mike Brown  em novembro de 2009; sobre Cub Swanson em junho de 2009; e sobre Rolando Perez em janeiro de 2009)   

1-0 em lutas por título (Nocaute sobre Mike Brown em novembro de 2009)   

Primeira defesa de título   

Nunca lutou além do terceiro round   

Tempo sem lutar: 157 dias (Nocaute sobre Mike Brown em novembro de 2009)   

Recesso mais longo da carreira: 347 dias (Decisão majoritária sobre Thiago Meller em maio de 2006, até decisão unânime sobre Fabio Mello em maio de 2007)   

 

Uriah Faber   

30 anos   

1,68/66kg   

23-3 recorde profissional   

3-2 nas últimas 5 lutas, mas 14-2 nas últimas 16 lutas   

5 das últimas 6 vitórias foram por finalização (guilhotina ou mata-leão)   

Faturou a 'Finalização da Noite' duas vezes (Sobre Raphael Assunção em janeiro de 2010; e sobre Jens Pulver em janeiro de 2009)   

Faturou a 'Luta da Noite' (sobre Jens Pulver em junho de 2006)   

6-2 em lutas por título, perdeu as últimas duas   

Se manteve como campeão dos peso-pena por mais de dois anos com cinco vitórias consecutivas na defesa do título.    

Tempo sem lutar: 104 dias (Vitória sobre Raphael Assunção em janeiro de 2010)   

Maior recesso da carreira: 192 dias (Vitória sobre Chance Farrar em junho de 2007 até vitória sobre Jeff Curran em dezembro de 2007)